Megaman X do Snes, vale a pena jogar?

Se você é do final da época de 80 ou começo da época de 90, provavelmente já jogou ou teve um primo maneiro que era viciado em uma das maravilhas tecnológicas do snes: Megaman X.

Meu ps2 infelizmente não funciona mais (R.I.P.), mas como eu sou um mestre na manipulação de comportamento humano eu estou com um console emprestado há algum tempo. Obrigado Otávio. Desde que peguei jogos para jogar novamente, sozinho tenho revesado entre Megaman X, Guitar Hero III/World Tour e Super Mario. Quando estou com minha namorada linda, a gente revesa entre God of War I, II, e Super Bomberman (que é o favorito dela).

Sexta-Feira da Paixão (que de paixão só tem nome), estou desde a hora que acordei na minha saga para acabar com o Sigma. Acho que não foram nem 4 horas ininterruptas. Mas caso você tenha conhecimento prático em snes, sabe muito bem que 4 horas não são gastas no video game, são investidas em sua própria auto-estima, bom humor e felicidade.

Para quem não conhece o jogo, entenda como um pequeno review. Para quem já conhece essa maravilha, entenda como uma nostalgia.

Vocês que assistiram “Eu Robô” e acharam interessante a proposta do filme (apesar de ser bem chatinho), recusem-se a pensar que a ideia do filme é original. No ano que eu nasci, 1993, os olhos puxados lá do outro lado do mundo já haviam criado um mundo artificial que contava a história de robôs com livre-arbítrio rebelando-se contra humanos. É aí que entra o nosso herói X (Megaman X).

Um paleontólogo curioso e sortudo encontra um laboratório esquecido no tempo, e lá encontra as criações do Dr. Cain. Eu tinha uma simpatia estranha pelo Dr. Cain, talvez eu imaginava-o como meu avô, ou sei lá o quê. As criações do doutor não deram muito certo e logo os robôs perceberam que tinham ‘direito de escolha’. Nisso, um dos mais poderosos, inteligentes e com grande poder de persuasão, Sigma, criou um exército ‘do mal’, e nesse jogo o X , com a ajuda do Zero (robozinho vermelho na foto acima), constrói a aventura para a qual você é levado!

Main Menu

Os bosses são fáceis, mas muito divertidos ^.^

O jogo começa numa fase arbitrária. Você está na cidade e sua caçada à fortaleza do Sigma está começando. Zero resolve ir na frente para buscar informações, enquanto você segue logo atrás.
No final da fase, você encontra e enfrenta um Maverik roxo, que eu nem sei o nome. Mas ele se acha fodão e parece ser o braço direito do Sigma. Você necessariamente perde essa batalha. É legal para mostrar a vontade de vencer que o X tem, e a tendência suicida também, aparentemente. Após isso você é salvo pelo Zero e é levado ao menu principal. (Imagem acima).

8 bosses, fases incansáveis! (Falarei em ordem horária)

Chill Penguin: Eu sempre começo por ele! É o boss mais fácil e tem a fase mais fácil também! Além disso, é nessa fase que você ganha a habilidade mais usada durante o jogo: o dash. Os ataques dele se resumem a criar estátuas de gelo (e depois eventualmente tentar arremessá-las em você), soltar bolas de gelo e um forehead slide.

Flame Mammoth: A fase é bem divertida. Se eu fosse o X eu ficaria triste de ver meus semelhantes tão sucateados como estão nessa fase! Uns não tem nem os membros inferiores e são obrigados a se mover através de uma esteira, coitados. A habilidade que você ganha nessa fase é o hiper buster. É um quarto nível de tiro. É meio gay por ser rosa, ondulado e andar em tranças, mas é bem poderoso! Mas para pegar essa habilidade, precisa ter o capacete, que você consegue na fase do Storm Eagle. O boss não é difícil. Tem a novidade de “tela aumentada”, a câmera é mais flexível que em outras fases. Seu poder é o fogo, cuidado com o óleo que ele joga, ele potencializa o fogo! Ah, procure bem na fase, ela é bem rica. Você vai encontrar uma cápsula (para guardar energia) e um coraçãozinho que aumenta sua capacidade de armazenamento de energia.

Boomerang Kuwanger: É o corno do jogo. Ele some, aparece te pegando no flagra e ainda tem chifre. A batalha com ele não é a das mais fáceis, justamente por ele eventualmente desaparecer. A fase tem a novidade de ser vertical. Pois é. Você está em uma torre e sobe até encontrá-lo! Acho difícil passar a torre sem dano algum, mas é possível passar sem morrer. Quase chegando no boss, você verá um coraçãozinho. Você tem 2 maneiras possíveis (que eu conheço) de pegá-lo: através do bumerangue (ganho ao derrotar este mesmo boss) ou então no modo máximo do poder de gelo, que cria um “ice skate”.

Sting Chameleon: Sinto-me em Manaus, jogando nessa fase.Ela é bem rápida e tem uma batalha bem legal contra um Maverik com uma boa armadura. Ao derrotá-lo, você libera uma armadura muito útil, rediz 50% do dano sofrido. O boss é meio chato. Eu acho meio chato pois ele eventualmente desaparece também, e isso faz com que muitos dos seus tiros sejam ‘miss’. Então tenha paciência.

Spark Mandrill: Eu tenho dó desse chefe. A música da fase é bem legal e tem uma cápsula escondida na primeira parte da fase, e só pode ser pego com a ajuda de um bumerangue. Fora isso a fase é normal e o chefe é um gorila! Ele é grandão, solta choque rosa mas é relativamente fraco.

Storm Eagle: Adoro essa fase! A música, o boss, tudo! Explore, tem coraçãozinho, tem cápsula, tem nova habilidade (um capacete que destrói certo tipo de rocha)! O plano de fundo também é bem motivador a jogar! Eu recomento jogar essa fase logo após a do pinguim. Eu diria que é apenas 1 nível de dificuldade a mais.

Armored Armadillo: Uma das minhas fases preferidas! É a melhor para encher as cápsulas com energia extra, pois tem muitos morcegos, que são frágeis e dropam muita energia! Essa fase também é bem rica, contém coraçãozinho e cápsula! O boss é bonitinho, às vezes dá até dó de derrotá-lo!

Launch Octopus: a fase menos legal, pra mim. Ela é mais slow motion por se passar na água. O que a faz valer a pena são os 2 monstros marinhos que você tem que enfrentar! Aqui também se localiza os maveriks mais chaaaaaaatos do jogo! Umas baleias chatas que te engolem. Não causam dano algum, mas são em truncadoras de jogo. O chefe é bem fácil também!

Passando todos esses bosses, você entra na parte mais legal do jogo! É uma maratona de, se não me engano, 4 fases. Nessas 4 fases você não ganha mais nada, mas enfrenta os bosses de novo e conclui sua saga ao Sigma!

Você também se vinga do Maverik roxo do começo do jogo, ele aparentemente mata o Zero (a música é extremamente triste!).

Essas fases não tem muitos enigmas, são apenas difíceis e por vezes cansativas, caso você não tenha muita habilidade motora. Ah sim, se você não tem muita habilidade motora, pare de jogar Megaman. MENTIRA, treine mais!

Megaman contra a cabeça do Sigma.

Sigma! Oh, Sigma! É um tanto humilhante, mas você inicialmente tem que lutar com o cachorro dele. É simples, mas você perde muita vida. Logo após isso você luta contra o Luke SkySigma. Sim, o Sigma com um sabre de luz. Ele, por ser o chefãozão, poderia parecer aterrorizante, mas ele usa uma roupa-barra-armadura verde. Então é bem pacífico. Ele tem manha, assim como todos os outros chefes. Bom, você luta contra essa forma dele também, é fácil.

Chefão. Você luta contra a cabeça do Sigma, associada a uma máquina totalmente nova. Você tem que desviar de choques, bolas de choque, labaredas de fogo e dashes de plataformas voadoras. O pior de tudo é que o Sigma só é atingido pelo booster máximo. Aquele gayzinho, rosinha e giratóriozinho mesmo.

Depois de MUITA insistência, você consegue derrotá-lo, e aquele sentimento de leveza depois de 4 horas seguidas jogando não tem preço! Só aguente a sensação subsequente de vazio por ter terminado o jogo e estar se sentindo perdido no mundo, sem ter a menor ideia do que fazer agora. Viva com isso, se possível, arrume um jogo novo para jogar. E por novo, eu digo antigo.

Anúncios
Esta entrada foi postada em Games.

Um comentário em “Megaman X do Snes, vale a pena jogar?

  1. […] Nintendo. O zeramento do jogo foi a energia de ativação para que eu criasse o blog, então fiz um texto sobre o jogo e publiquei no recém criado […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s