Nerdcast sobre Neurociência!

Este podcast foi recomendação de dois amigos meus, melhores amigos entre si, Mário e Luigi. Não, não são nomes fictícios, nem mesmo apelidos. Tampouco seus pais eram amigos nerds que combinaram a brincadeira com os nomes.

Esses dias eu tive uma pseudo discussão sobre comportamentos e suas causas em um grupo de discussões sobre The Mentalist, o seriado. Infelizmente tive que lidar com a seguinte afirmação “é claro que sentimentos são explicação para comportamentos!”

Não sou muito conhecedor da visão cognitivista, mas pelo que leio/escuto, acredito que tem muito a contribuir com qualquer tipo de conhecimento sobre o homem e seu funcionamento.

[Clique aqui para escutar online]

Independente da explicação de ‘onde’ ficam ‘guardadas’ as informações que aprendemos, o fenômeno da aprendizagem é um fato interessantíssimo de se ter certo domínio. Se você sabe como se dá a aprendizagem, você sabe aprender. E se você sabe aprender, você define seus próprios limites… a lista de benefícios é longa!

Vale muito a pena gastar 90min escutando, e apesar de ser de uma corrente teórica um pouco diferente da que eu sou mais adepto, que é a comportamentalista, eles falam de pontos que eu facilmente consegui “traduzir” para uma linguagem behaviorista radical. Eles frisam que o que faz a memória ocorrer não é apenas a comunicação dos neurônios necessários, é também a apresentação do mesmo ambiente físico no qual foi “elaborada” a memória, ou então ambientes que favoreçam essa lembrança. Tal fala reforça ainda mais a ideia de que nosso comportamento é fruto da interação com o ambiente. Quem somos, como somos e por quê somos o que somos, é fruto de como agimos no decorrer de nossa história.

Não creio que o cérebro seja o mentor de tudo o que somos, mas absolutamente é uma “máquina” que regula todo nosso funcionamento orgânico, nossos comportamentos públicos e privados, como é o caso dos pensamentos.

É legal estabelecermos padrões, o que nos leva a outro ótimo ponto desse nerdcast 302, que é a explicação de alguns sentimentos. Sentimentos são inerentes aos seres humanos, certo? Tudo que é de natureza filogenética tem valor, em uma linha de tempo, na história da evolução. O exercício é pensar: “para que esse sentimento serviria na perpetuação das espécies?” No podcast é bem pontuado que os sentimentos não são explicação para nada, são apenas sinais corporais de coisas que podem estar por vir, ou sinais do que se deve fazer. O medo pode ser uma reação causada em meio a uma situação de perigo, um sinal de que devemos fazer algo para nos defendermos ou fugirmos da ameaça ou situação ameaçadora presente. O mesmo acontece com o amor, por exemplo. Um sentimento complexo desses teria diversas funções e explicações, mas seria plausível dizer que, basicamente, é um sentimento que dá sinais de que a pessoa ao qual nosso amor é direcionado, possuí características consideradas importantes por algum motivo, logo, devemos fazer de tudo para mantê-las. A ausência delas nos causa sentimentos de falta, reforçando a ideia de que o amor é um sinal de que encontramos a “pessoa certa” para alguma coisa.

Enfim, a galera convidada do nerdcast está fazendo doutorado nessas áreas… acho que eles tem um pouquinho mais de credibilidade que um graduando qualquer do interior do Brasil. Vale a pena escutar!

Anúncios

Um comentário em “Nerdcast sobre Neurociência!

  1. […] Com um clima mais agradável, falei sobre neurociência! Foi um post introdutório, apresentando o nerdcast sobre o tema! Destaque para o bar experimental (SIM, BAR-LABORATÓRIO!) que estuda os efeitos placebo da cerveja sem álcool! [ver post] […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s