Casulo

image

A lagarta faz um casulo pra si, se esconde lá e só sai quando for uma borboleta.
É uma linda metáfora para liberdade. O que outrora rastejava e causava repulsa, pode enfim voar e encantar os olhos do mais desatento observador.
Seu admirador se deleita em seu vôo, cobra perfeição em suas cores, exige a simetria de suas asas. Que maldição! Ora, não estaria a borboleta condenada a essas condições? Uma vez borboleta, não há mais paz.
Eu e a borboleta sabemos que no fundo a liberdade foi seu casulo.
Escuro e silencioso e completo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s